Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Operação São Sebastião

Taubaté (SP) -Após 20 dias de trabalho ininterruptos na Operação São Sebastião, no dia 10 de março de 2023, às aeronaves e tripulações da Aviação do Exército (AvEx) retornaram ao Forte Ricardo Kirk, em Taubaté. Desde o dia 19 de fevereiro, seis aeronaves e 73 militares atuaram dia e noite em diversas missões de socorro às vitimas da tragédia no Litoral Norte de São Paulo.
A tragédia provocada pela forte chuva que atingiu São Sebastião e cidades vizinhas, deixou mais de 60 pessoas mortas e milhares de pessoas desalojadas ou desabrigadas. Graças o seu constante adestramento e sistema de prontidão permanente, após acionados no dia da tragédia, em pouco mais de duas horas tripulações e aeronaves da Aviação do Exército já estavam atuando no socorro.
Neste período, foram mais de 90 horas voadas, cerca de 300 pessoas socorridas pelos meios aéreos, foram transportados quase quatro toneladas de alimentos, água e produtos para as vítimas da enchente deslocados,entre outras missões . Um trabalho fundamental, no momento que as vias terrestres estavam bloqueadas e que milhares de pessoas dependiam do socorro aéreo.
Utilizando o heliponto da Delegacia da Capitania dos portos de cidade como base, as aeronaves dos modelos Jaguar e Cougar com capacidade pra transportar 28 pessoas além da tripulação e o Pantera com capacidade para transportar oito passageiros e tripulação, decolavam e pousavam dezenas de vezes ao dia, levando mantimentos e água para comunidades ilhadas; resgatando pessoas feridas; fazendo o transporte de homens dos Bombeiros, Defesa Civil e militares para áreas soterradas; realizando reconhecimento de áreas críticas, além da remoção de corpos.
Durante toda a operação, o trabalho ocorreu de forma integrada entre as Forças de Segurança e Governos Municipal, Estadual e Federal. Com as vias desobstruídas e o fim dos resgates de vítimas, a Aviação foi desmobilizada no dia 10 de março.

registrado em:
Fim do conteúdo da página